As receitas aqui postadas são todas livres de glúten.

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Farinha de arroz integral - feita em casa

Gosto muito de pão com farinha de arroz integral, mas aqui não é nada fácil encontrar. Conheço uma única marca, que é vendida em poucos lugares. Andei procurando a poucos dias e não encontrei. Além disso acho muito cara. Por esses motivos resolvi tentar fazer minha própria farinha, a partir de arroz  integral.

   É muito simples de preparar, mas exige um pouco de tempo e paciência.


   Usei 2 xícaras de arroz integral

Coloquei pequenas quantidades no liquidificador e bati até virar uma farinha fininha.
Repeti várias vezes

Passei por uma peneira e fui colocando em uma tigela 

Os grãos que ficarem no fundo da peneira, devolva para o liquidificador, triture novamente e peneire.
Repita todo processo até obter uma farinha bem fininha.
Precisa liquidificar várias vezes e sempre aos poucos. Cada vez que liquidificar, passe pela peneira.
Guarde em um vidro bem fechado na geladeira

Hoje me deram 2 dicas diferentes que eu achei que pode facilitar a preparação da farinha.
Não experimentei mas deixo aqui registrado.

1º Levar o arroz ao forno para tostar um pouquinho antes de triturar.

2º Deixar o arroz um pouquinho de molho, escorrer e deixar secar por alguns minutos no próprio secador. Depois só triturar.

Espero que gostem! 
                                     

28 comentários:

  1. Olá ,queria saber se farinha branca também posso fazer o mesmo processo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, pode sim! Sempre peneire bem, para ficar fininha.

      Excluir
  2. Gostei demais da dica, Deus lhe abençoe, ótimo dia.
    Seguindo com carinho, venha conhecer meu blog de artesanato.
    artesdagis.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Gislaine, que bom que você gostou!
      Vou lá conhecer seu blog, adoro artesanato! Eu faço de tudo um pouco!
      Abraço,
      Gilda

      Excluir
  3. Gilda, foi Deus que colocou vc em nossas vidas...adorei a dica..Deus lhe abençoe...na minha cidade eu não encontro essas farinhas...nenhuma...estou aprendendo muito com vc...obrigada...bjs...liane vicente - cacequi/RS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Liane, que bom que tu encontrou o blog e está aproveitando as dicas.
      Beijos
      Gilda

      Excluir
  4. Gilda, parabéns pelo seu blog!
    Vc sabe onde se encontra essa farinha integral aqui em POA?
    Nem no Mercado Público eu achei...
    Abraços
    Cristiano

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cristiano, obrigada! Que bom que tu achou o blog.
      Quando eu comprava farinha de arroz integral era na Macrobiótica Sauer ou na loja da Reforma Agrária, ambas no Mercado Público. As vezes sumia do mercado. Sugiro que tu pesquise no google para ver onde está disponível. A marca é Volkmann.

      Abraço
      Gilda

      Excluir
  5. Respostas
    1. O que eu uso está escrito na embalagem que não precisa lavar.

      Att.
      Gilda

      Excluir
  6. Eu fiz com o arroz branco mas mesmo peneirando ficaram uns graozinhos q deu pra sentir depois do bolo assado :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Evelyn, tinha que ter triturado mais! Na receita diz repita o processo até triturar bem e ficar uma farinha fina.

      Excluir
  7. Parabéns pelo seu blog! Ótimas dicas!

    ResponderExcluir
  8. Vc tem receita de pão feito com po-royal, pq meu neto faz dieta sgsc tratamento biomédico e ele não pode comer fermento biológico.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Beth, tem algumas receitas de pão com fermento químico sim.
      No link tem uma receita, tu pode tirar o recheio se quiseres.

      Att.
      Gilda
      http://cozinhando-sem-gluten.blogspot.com.br/2012/04/pao-de-liquidificador-recheado.html

      Excluir
  9. Ola Gilda, nao estou conseguindo encontrar o CMC , posso substituir por outra coisa? Agradeço desde ja.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, pode substituir por goma xantana, dá o mesmo efeito aglutinador.

      Att.
      Gilda

      Excluir
  10. Olá, Gilda! Queria saber quanto tempo dura essa farinha guardada na geladeira... tem que ficar peneirando sempre depois disso (pq fiquei pensando se ela fica dura)? e como eu sei quando ainda está boa pra usar?? Eu sempre jogo fora comidas aqui de casa pq fico na dúvida se estragaram. Especialmente farinhas que ficam guardadas muito tempo. Não sou celíaca, mas estou tentando ficar um mês sem glúten por orientação médica, e o marido tá se queixando de falta de "coisas que encham" kkkk...Pq é é magrinho e come muito. Obrigada por esse seu trabalho lindo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nara,
      Não sei te dizer quanto tempo dura, porque uso bastante. Não fica muito tempo guardada. Ela não fica dura, mas peneirar a farinha antes de usar é sempre bom.

      Abraço,
      Gilda

      Excluir
  11. Agradeço compartilhando outra receita de panqueca sem glúten ,
    1 xícara de leite,1 xc. Amido de milho ( maisena) 1 colh. Sopa cheia de azeite extra virgem, 1 ovo , uma xícara (chá) de macaxeira ( aipim) cozida , 1 pitada de sal. Bater tudo no liquidificador ( se necessário acrescente mais leite. ( ps. a macaxeira cozida dá um toque macio a receita, não fica borrachuda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lau, obrigada por compartilhar a receita. Deve ficar deliciosa!

      Abraço
      Gilda

      Excluir
  12. Gilda, usando está farinha tb é necessário usar o cmc ou outro espessante ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bruna, não sei se entendi tua pergunta!
      O uso de espessantes em receitas de pães sem glúten fazem a diferença pois ele faz o papel do glúten. Algumas farinhas prontas ou mix já tem o espessante nos ingredientes, então não precisa. É importante seguir a receita, pois a troca ou não usar os ingredientes descritos, muda a receita e pode não dar certo.

      Att.
      Gilda

      Excluir