As receitas aqui postadas são todas livres de glúten.

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Pão com farinha de arroz integral - livre de glúten e leite

Depois que preparei a farinha integral em casa, queria muito experimentar em uma receita de pão!

A farinha de arroz integral, sempre tem que ser misturada com  farinha branca  para ter um bom resultado, pois ela é mais pesada.

Eu pelo menos nunca tive um bom resultado, usando somente a integral.
O pãozinho ficou top em sabor e textura!

Ingredientes:

1 xíc. (200 ml) de farinha de arroz integral - receita aqui:  http://cozinhando-sem-gluten.blogspot.com.br/2013/10/farinha-de-arroz-integral-feita-em-casa.html

1/2 xíc (100 ml) de farinha de arroz branca
1/2 xíc (100 ml) de fécula de batata
1 xíc (200 ml) de polvilho doce
1 CS de açúcar (usei demerara)
 3 CS de azeite ou óleo
 1 CS de vinagre de maçã
 3 ovos (gemas sem pele para não deixar sabor de ovo)
 220 ml de água quentinha
 1 colherinha de sal (ou a gosto)
 1 colher de chá de CMC (espessante que ajuda a ligar as massas sem glúten)
 1 sachê (10g) de fermento biológico seco
 gema para pincelar

Comecei misturando em uma tigela as farinhas, o polvilho, o açúcar, o cmc e o fermento. Deixei reservado.

No copo do liquidificador coloquei os ovos, o vinagre, o azeite, a água o sal e bati até misturar bem.
Acrescentei a mistura dos ingredientes secos da tigela, e bati até formar uma massa homogênea. Se ficar pesado bata com uma colher.
Untei e polvilhei farinha de arroz na forma de pão e despejei a massa.
Por cima pincelei gema de ovo para ficar bem douradinho.

Deixei crescer dentro  do forno quentinho, mas desligado (liguei um pouquinho e desliguei). Depois de crescido,  liguei o forno 180ºC e deixei assar até dourar. 

Cresceu tanto que achei que fosse quebrar ao desenformar. 


Retirei do forno e logo desenformei!
Para minha sorte, consegui desenformar bonitinho!


Espero que gostem!

36 comentários:

  1. oi boa tarde!
    Aki na minha cidade Itapeva-SP não tem esse CMC para dar liga nas massas, o q posso substituir para fazer esse pão?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buenas.... Use psyllium, que se encontra em casas de produtos naturais.

      Excluir
  2. Olá, pode substituir por goma xantana e se vc não encontrar, pode usar liga neutra de sorvete, tem nos supermercados, não fica tão bom quanto mas ajuda. O CMC é vendido pela internet, várias lojas fazem esse serviço.

    ResponderExcluir
  3. Boa noite,
    Comecei agora a fazer pão sem glúten. Fiz 2 pães seguindo receitas. Da 1ª vez usei farinha de milho, farinha de arroz integral e um pouco de amido de milho. O pão ficou com um sabor amargo. Então fiz uma 2ª receita com farinha de arroz integral e amido de milho (muito mais f. de arroz). Voltou a ficar amargo. E é um sabor que não me agrada. Ao pesquisar encontrei uma info que diz que a base do pão sem glúten é sempre farinha de arroz e polvilho doce. As minhas perguntas são:
    Será que o meu pão ficou amargo porque não usei polvilho doce?
    Ou será que ficou amargo porque a farinha de arroz que usei era integral?
    Ou será possível que este sabor amargo seja característico do pão sem glúten? 
    Já agora, é possível fazer um pão sem glúten, sem usar farinha de arroz?
    Muito obrigada a quem me ajudar neste arranque a fazer pão glúten free. 

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite!
      Eu sempre misturo a farinha de arroz branca misturada com a integral. Ainda não consegui um bom resultado usando só a integral. O amido de milho deixa mais ressecado. Acho que o melhor resultado é usando o polvilho doce e a fécula de batata. Não sei te dizer sobre o amargo, usaste açúcar ou adoçante? Os pães sem glúten não são amargos, são bem saborosos. Acho que não é possível fazer pão sem glúten sem farinha de arroz. Para mim ela é a base. Espero ter respondido suas dúvidas. Um abraço! Gilda

      Excluir
    2. Os pães sem gluten baseados em farinha de arroz branco que tenho feito também tem ficado com um gosto desagradável, embora suportável, não diria exatamente amargo. Não consigo identificar qual ingrediente tem provocado isso pois nenhum deles, quando cru, tem gosto e/ou cheiro que me fizesse desconfiar de ser a causa, entre eles a fécula de batata e o polvilho doce. Os outros ingredientes (ovo, azeite, fermento biológico) também não parecem ser os responsáveis por isso. Seria um efeito de uma combinação infeliz entre 2 ou mais ingredientes? Não creio... noto que as MUITAS receitas de pão sem gluten baseiam-se nos mesmos ingredientes principais, com algumas variações.

      Excluir
    3. Olá Sérgio, o sabor depende do paladar de cada um. Já ouvi relato de uma pessoa que não gosta do sabor da farinha de arroz. O mesmo acontece com o fermento biológico, muitos não toleram e preferem usar fermento químico. Sugiro que você experimente diminuir a quantidade de fermento biológico na próxima receita que fizer. Ao invés de usar 1 colher de sopa, uso 1 colher de sobremesa. Dessa forma vai poder descartar ou não que seja o fermento que deixa o sabor amargo. O polvilho azedo também pode deixar um sabor diferente, eu uso normalmente o doce. Não acredito que a combinação dos ingredientes seja o responsável por isso. A maioria das receitas tem esses ingredientes.
      Aqui em casa eu faço pão de 2/2 dias, com farinha de arroz como base (sempre misturada com polvilho doce), azeite ou óleo, ovos e fermento biológico, e todos comem e gostam, nunca foi relatado que algum pão tivesse com sabor desagradável. Por isso, acho que depende do paladar de cada um.

      Att.
      Gilda

      Excluir
    4. Olá, Gilda.

      Como eu disse, nenhum dos ingredientes isoladamente faz-me desconfiar do resultante sabor estranho. Farinha de arroz nada mais é do que... arroz! E nada tenho contra arroz, seja salgado ou doce. Quanto ao fermento biológico, não é por causa dele. Estou acostumado a fazer pães, inclusive com receitas próprias, e o sabor do fermento no pão assado não me é desagradável. Quanto ao polvilho, sempre utilizei o tipo doce.

      Fora a hipótese de alguma combinação infeliz entre dois ou mais ingredientes, ocorre-me a possibilidade de algum dos ingredientes após aquecido causar o tal sabor desagradável. Hipóteses, por enquanto...

      Excluir
  4. oi Gilda,que pão lindooo!
    Vou fazer e te mostrar como ficou o meu..
    abs e parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Oi Viviane, vou aguardar a foto do teu pão bem lindo!
    Abraço e obrigada.

    ResponderExcluir
  6. Olá, gostei de todos os ingredientes, menos a fécula de batata, você acha que dá pra substituir por outro ingrediente ou aumentar a quantidade do polvilho?

    obrigado,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, se não usar a fécula vai mudar um pouco a receita e o resultado pode ser outro.
      Mas acho que vale a pena tentar, só experimentando para ver se dá certo. Quem sabe use amido de milho no lugar da fécula, ou então aumente a farinha de arroz branca e o polvilho.
      Boa sorte!

      Excluir
  7. Não me acerto com fermento sache, prefiro usar o fermento fresco. qual a proporção?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gissele Moresco;é simples,a proporção é a seguinte:10g do sache ou granulado equivale 30g do fresco.Espero ter ajudado

      Excluir
  8. Adorei encontrar seu blog! Estou-me iniciando nas receitas sem gluten, para meu filho. Vou experimentar seu pao que me parece otimo.Espero que ele fique tao saboroso quanto o seu :-) . Obrigada pela partilha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, que bom que tu encontrou o blog :D
      Seja bem-vinda e aproveite as receitas!

      Abraço,
      Gilda

      Excluir
  9. Oi Gilda, estou em panico! Fiz a receita do seu pao, tudo direitinho, mas a massa ficou muito seca, a pontos de ter que ser colocada na forma, aos pedaços. Mas ate ai´ tudo bem, o problema e´ que esta´ no forno quentinho ha´ cerca de meia hora e nada de crescer, nem um milimetro...O que eu faço?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tucha, não fique em pânico, é normal os pães sem glúten não darem certo nas primeiras tentativas. Eu demorei um tempo para acertar, mas não desisti e aprendi com a prática. A dica é seguir a exatamente o que diz na receita.
      O que pode ter dado errado: o fermento vencido, a água muito quente queima o fermento e o pão não cresce, a temperatura do forno deve ser média, o pão deve ficar crescendo em lugar abafado antes de levar ao forno para assar.
      Tente novamente e não desista que tu vais acertar, cozinhar sem glúten não é fácil, mas como tudo aprendemos com a prática.

      Att.
      Gilda

      Excluir
  10. Obrigada querida, pela sua atençao. De facto o pao ficou mais baixo que o seu, mas o sabor esta´ uma delicia.
    Ja´ agora, aproveito para tirar uma duvida: Quando vc fala "3 ovos" refere-se aos ovos inteiros ou apenas ˋas gemas? Eu coloquei apenas as gemas...
    Mais uma vez o meu muito obrigada. Beijo grande.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, pergunte sempre que tiver dúvidas!
      Quando está escrito ovos, são inteiros. Quando uso só as claras ou as gemas, isso é citado na receita. O que me refiro as gemas que deve ter te deixado em dúvida, é que gosto de retirar a pele que as envolvem. Percebo que sem a pele não fica nenhum sabor de ovo. Mas isso é um hábito que eu tenho, não é uma regra para todos que experimentam as receitas aqui do blog.

      Abraço,
      Gilda

      Excluir
  11. Mais uma vez, o meu muito obrigada! Entao esta´ esclarecido o porque do bolo ter ficado com aspeto diferente ;-) ...Faltaram as claras!!!
    Proximo sabado, voltarei a fazer a mesma receita, veremos como vai ficar.
    Abraços aqui do outro lado do oceano.
    Tucha

    ResponderExcluir
  12. Olá Gilda, desculpe a minha ignorância mas, gostaria de tirar uma dúvida. Oque significa o CS na receita? Obrigada.
    Cris

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cristina, CS = colher de sopa.

      Att.
      Gilda

      Excluir
  13. Olá Gilda, será que daria para substituir o açúcar por Tal é Qual, e porque ingrediente posso substituir ao polvilho doce? Sou alérgica a eles Tbm. Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, pode usar o adoçante, mas acho que o resultado não será o mesmo.
      Em receitas sem glúten não temos muitas opções de farinhas, e o polvilho é um dos ingredientes que mais uso junto com a farinha de arroz. Talvez o amido de milho possa substituir, mas as vezes deixa o pão seco. Para saber só como fica só experimentando mesmo.

      Att.
      Gilda

      Excluir
  14. Fiz esse pão hj , retirei o açúcar , não cresceu tanto quanto esse, mas mesmo assim ficou ótimo !!!!! Receita aprovadissima

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Renatinha, obrigada !
      Que bom que tu fez e gostou do resultado!
      Os pães sem açúcar ou com adoçante culinário crescem menos mesmo.

      Abraço,
      Gilda

      A

      Excluir
  15. vou testar essa receita gosto de testar receitas vamos ver se vai sair bem

    ResponderExcluir
  16. Parabéns pela receita. O pão ficou incrível.

    ResponderExcluir
  17. Olá, achei suas receitas muito interessantes. Como posso substituir os ovos por uma opção de origem vegetal?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jaice, obrigada!
      Quanto a substituir ovos em receitas sem glúten, não tenho experiência.
      Atendendo pedidos de alguns seguidores, pesquisei e tenho um post com algumas dicas aqui no blog. É nesse link: http://cozinhando-sem-gluten.blogspot.com.br/2014/11/dicas-de-como-substituir-o-ovo-em-suas.html

      Excluir
  18. O meu cresceu e dorou, mas quando tirei do forno e esfriou murchou. Será que pulei alguma etapa ou isso acontece?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Thiago, um dos motivos que faz o pão murchar é quando a massa fica muito mole. Quando isso acontece pode colocar mais um pouquinho de farinha.

      Att.
      Gilda

      Excluir
  19. Posso substituir nesse pão o ovo pela lecitina de soja?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Edivanda, substituir ingredientes, muda a receita e pode não dar certo, principalmente em receitas sem glúten.
      Mas para saber o resultado, só experimentando!

      Att.
      Gilda

      Excluir