As receitas aqui postadas são todas livres de glúten.

domingo, 6 de abril de 2014

Pão 38 - MFP


Esse Pão foi feito na panificadora especialmente para o café da manhã domingo.
Na noite de sábado me dei conta que não tinha pão para o café da manhã. 
Confesso que o pão não pode faltar no meu café, mesmo comendo apenas 1 e as vezes 2 fatias, eu adoro! Esse é o único momento do dia em que como pão.  
É nessa hora que a máquina é uma mão na roda. Já era um pouco tarde, mas acho muito prático.  

Para esse pão usei as farinhas que normalmente que não usa glúten tem em casa.
Usei como medida um copo de requeijão de 200g.

Ingredientes:
1 1/2 copo de farinha de arroz
1 copo de polvilho doce
1/2 copo de amido de milho
1 colher de chá de CMC (espessante que ajuda a ligar as massas sem glúten)
1 colherinha de sal
2 CS de sementes de chia ou de linhaça
3 CS de azeite ou óleo
2 ovos
1 CS de vinagre de maçã
1 CS cheia de açúcar demerara (pode ser outro)
1 copo de água morna
1 sachê (10g) de fermento  biológico seco

Modo de fazer:
Comecei preparando a esponja com o fermento, o açúcar e a água morna.
Em um recipiente misturei os 3 ingredientes, cobri e deixe descansando até dobrar de
volume e formar um espuma por cima.
Em uma tigela misture todos os ingredientes secos e abri uma cova no centro.
No copo usado para medida coloque os ovos (gemas sem pele não deixa sabor de ovo),
o azeite e o vinagre. Misturei com uma colher e coloquei no centro dos ingredientes secos. Misturei e logo inclui a esponja do fermento. 
Misturei tudo muito bem e passei para a forma da panificadora. 

Usei o ciclo 5 ultra rápido -1h15m - Pão escuro

Assim que deu o sinal retirei a forma (com cuidado porque fica muito quente) e desenformei o pão. Deixei esfriando coberto com um guardanapo de pano e  só cortei de manhã.

Nosso café foi delicioso!

Espero que gostem!

2 comentários:

  1. Fiz e ficou uma delícia! Só não acrescentei a chia e nem a linhaça. Coloquei gergelim por cima, antes de começar a assar. Pão com farinha de trigo branca, nunca mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que tu testou e gostou da receita Jackeline!
      Um abraço,
      Gilda

      Excluir