As receitas aqui postadas são todas livres de glúten.

domingo, 6 de outubro de 2013

Atendimento vip para uma celíaca

           
  Ontem tive uma experiência maravilhosa na minha vida de celíaca.
Não costumo ficar comentando experiências. As negativas são imediatamente deletadas e as positivas entre familiares e amigos já são normais, pois todos entendem a minha condição.
Mas ontem foi um dia tão feliz para mim que eu tenho que comentar!
O marido e eu fomos a um casamento de um colega dele de trabalho, que eu ainda não tinha tido o prazer de conhecer. Uma festa maravilhosa, noivos lindos e muitos convidados.
Logo ao chegarmos, fomos guiados aos nossos lugares, em seguida começaram a servir as entradas e as bebidas. Os garçons chegavam a nossa mesa, oferecendo as entradinhas.
Eu sempre agradecia. Até que passou uma moça e perguntei se ela poderia se informar se tinha alguma entrada sem glúten. Ela  disse vou me informar e já volto para lhe dizer.
Logo ela voltou com um pratinho especialmente para mim com vários canapés deliciosos e lindamente decorados. Naquele momento já ganhei a noite! Mas logo um garçom se aproxima e indica uma mesa onde estavam sendo servidas receptivas (saladas em taças entre outras delícias). O marido foi até essa mesa e voltou trazendo para mim uma salada com folhas e tomates secos deliciosamente temperados.
No cardápio constavam entradas (variedades de canapés), receptivas (saladas), mini porções (vários tipos de escondidinhos e risotos) e sobremesa. 
Tinha ainda um imensa mesa de doces lindos e delicados, e o bolo dos noivos que não poderia faltar.
Antes de começarem a servir o jantar (as muitas mini porções) o maítre se aproximou e falou baixinho para mim, vamos servir  para a senhora, iscas de filé, legumes salteados e arroz. Pode ser? Eu nem estava pensando na comida, ainda tinha as entradinhas no prato e a conversa estava bem animada na nossa mesa. Mas eu fiquei tão feliz com aquele atendimento que até fome me deu! Logo se aproxima um garçon com aquele prato quentinho e gostoso. Me deliciei degustando com um espumante bem geladinho. Nem preciso dizer que as pessoas da mesa ao lado olhavam aquele prato e conversavam entre si, sem entender nada. A festa continuava animada e divertida quando começaram a servir as mini porções e para minha surpresa, a garçonete que estava servindo me disse esse não tem glúten.
Na hora da sobremesa, eu e o marido estávamos dançando e quando voltamos a mesa estavam servindo, petit gateau com sorvete e frutas vermelhas em calda. Eu agradeci, mas logo chega um prato de sobremesa com as frutas vermelhas em calda, especialmente para mim. Foi mais um momento de felicidade, pois adoro doce!
Sem conhecer os donos da festa tive todo esse atendimento. 
O marido, acho que faz algum comentário entre os colegas sobre a minha condição celíaca, mas nunca imaginei que em uma festa tão grande isso seria lembrado.
Eu estou acostumada  ir a festas e não ter nada que seja permitido para mim. É uma coisa que já faz parte da minha vida social e que eu não posso exigir de ninguém. 
Agora eu soube pelo marido que o maítre já sabia qual era o meu lugar na mesa.
Minha felicidade hoje é porque pessoas que eu nem conhecia tiveram essa preocupação. 
Sou muito grata ao marido que sempre entendeu e me deu força, que fala abertamente e me ajuda a divulgar a DC e aos donos dessa festa maravilhosa. 
Que eles sejam muito felizes! 💗💗

                           -------------------------------------------------------------------

4 comentários:

  1. Nossa, fiquei emocionada! Que lindo!!!

    ResponderExcluir
  2. Ana, foi bem legal! Quando lembro me emociono! Bj

    ResponderExcluir
  3. Nossa!!! Estou realmente muito emocionada!!! Entrei nesse time dos sem gluten e sem lactose!!! Qdo vou a festas, tenho q levar minha própria comida!!! É bacana sabermos q existem pessoas atenciosas e solidárias!!!

    ResponderExcluir
  4. Fiquei realmente muito emocionada!!! Entrei para o time dos sem gluten e sem lactose a pouco tempo!!! Qdo vou a festas, tenho q levar minha própria comida!!! Realmente muito bom saber que existem pessoas tão atenciosas e solidárias!!!

    ResponderExcluir