As receitas aqui postadas são todas livres de glúten.

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Pão de Banana - MFP nº 42

      Hoje resolvi experimentar a receita do pão de banana (que meu meu filho tanto falava) na panificadora. O resultado desse pão no forno convencional foi excelente e na panificadora ficou igualmente maravilhoso. Ficou tão bom quanto o outro, tanto na textura, maciez e sabor!

Usei como medida 1 copo de requeijão de 200 g.


Ingredientes:


1 1/2 copo de farinha de arroz

1 copo de polvilho doce
1/2 copo de amido de milho
1/2 copo de farinha de milho ou fubá
1 colherinha de sal
1 colher de sobremesa de goma xantana ou CMC (espessantes que ajudam na liga das massas sem glúten)
2 ovos (retiro a pele das gemas para não deixar sabor de ovo)
3 CS de azeite
1 CS de vinagre de maçã
1 1/2 copo de água morna (quentinha mas não fervendo)
1 CS cheia de açúcar demerara (pode usar outro)
1 sachê (10 g) de fermento biológico seco
1 banana amassada  

Modo de preparo:


Comecei preparando a levedura do fermento.
Em um recipiente, misturei o fermento, o açúcar e água morna.
Cobri para abafar e deixei descansando até dobrar de volume e formar uma espuma por cima.


Enquanto o fermento aprontava, juntei todos os ingredientes secos numa tigela.
No mesmo copo de medidas juntei os ovos, o azeite e o vinagre. Misturei com uma colher e juntei com os ingredientes secos, adicionei a banana amassada e por último inclui a esponja do fermento. Misturei tudo mexendo com uma colher.

Passei a massa para o recipiente (forma) da máquina. Coloquei no lugar e depois de fechar a tampa,  liguei no ciclo ultra-rápido - 1h15m - Cor média

Assim que deu o sinal, desliguei a máquina, retirei a forma e desenformei o pão.

Ficou muito macio e saboroso!



Espero que gostem!

14 comentários:

  1. Olá, qual a sua máquina por favor???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bel, minha máquina de fazer pão é uma Cadence!

      Excluir
  2. Olá Gilda! Tudo bem?
    Amei essa receita de pão de banana e quero muito fazer,voce pode me dizer se essa farinha de milho que voce menciona na receita e a farinha de milho biju,aquela que tem os flocos grandes?
    Muito obrigada!
    Aline

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Aline, aqui no Sul chamamos de farinha de milho, mas em outros estados é conhecido como fubá.
      Não uso o flocão, a única marca que vi no supermercado contém glúten.
      Esse pão fica delicioso!
      Depois e conte!
      Abraço
      Gilda

      Excluir
  3. Posso assar no forno tradicional?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, pode sim!
      A primeira vez que preparei essa receita foi no forno. Depois fiz o teste na máquina. De qualquer maneira fica muito bom! Vou passar o link para tu ver como eu fiz.
      Att.
      Gilda
      http://cozinhando-sem-gluten.blogspot.com.br/2014/04/pao-de-banana.html

      Excluir
  4. Oi Gilda, então não tenho DC e nem intolerância mas tenho evitado o gluten, e como adoro um pão comprei minha MFP e testei essa receita ontem. O pao ficou bem bonito e cheiroso, mas hj de manha ele estava tipo um pão de queijo dormido. Fiquei com duvida quanto a textura. Os paes sem gluten sempre levam polvilho então é essa textura um pouco mais puxenta? Ou fica identico ao pao com trigo? Como iniciei agora, essa textura me deixou intrigada... Obrigada :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, os pães sem glúten não ficam iguais aos com trigo, justamente porque falta o glúten, que é o que dá a liga e ajuda a conservar os pães. Outra coisa, pães sem glúten não são fáceis de acertar, normalmente a gente aprende com prática, é a parte mais complicada da dieta.Tenho que te parabenizar por teres acertado de primeira. Muitos celíacos demoram para acertar os pães. O ideal se não for consumido logo é refrigerar ou congelar fatiado e ir retirando fatias Para descongelar sugiro uma torradeira ou até uma frigideira anti-aderente. Não recomendo descongelar em microondas, não dá bom resultado.

      Att
      Gilda

      Excluir
  5. Olá Gilda. Amei essa receita e estou curtindo muito seu blog. Segui o passo a passo que vc passou e não teve erro, o pão ficou ótimo. Hoje fiz essa receita e acrescentei 4 CS de canela, 5 CS de uvas passas escuras e 3 CS de passas claras e ficou ótimo, um pouco mais adocicado. Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, que bom que você fez e gostou da receita!
      Adorei as dicas de acrescentar canela e passas, deve ficar mesmo delicioso.

      Abraço,
      Gilda

      Excluir
  6. Oi Gilda, tudo bem? Queria te agradecer pelo blog, pela página no facebook e por disponibilizar os livros com as receitas. Não sou celíaca mas quero reduzir o consumo de glúten porque fico me sentindo muito "estufada" depois de comer alimentos com glúten. Amo pão e é muito caro comprar pronto no supermercado ou mercados especializados, então resolvi fazer o meu próprio pão. Realmente, esse pão de banana foi a melhor receita de pão que eu já fiz até agora. Apenas acrescentei uma colher de sopa de chia, farinha de linhaça, farinha de banana verde, amaranto e quinoa. É a segunda vez que faço esse pão e ele ficou super gostoso nas duas vezes, dá até para fazer sanduíche com ele. Os outros que eu fiz ficaram bons, mas só dava para comer fazendo sanduíche/torrada na frigideira porque esfarelavam (sem contar que enjoei bem rápido deles). De novo, muito obrigada por compartilhar os teus conhecimentos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luciana, tudo bem! Agradeço o carinho! Que bom que você está gostando do blog! Essa receita é a preferida por todos aqui em casa. Acrescentar grãos é muito bom deixa o pão mais nutritivo.

      Um beijo,
      Gilda

      Excluir
  7. Olá, Gilda obrigada por compartilhar suas receitas nesse blog!!! Tenho intolerância à lactose e evitado o glúten!!! Fiz o pão de banana na mfp e substituir a farinha de arroz pela farinha de banana verde e ficou uma delícia!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Valéria, que legal que você experimentou a receita e gostou! Que bom saber que deu certo com a troca da farinha. Deve ter ficado delicioso, além de muito mais nutritivo.

      Um beijo,
      Gilda

      Excluir