As receitas aqui postadas são todas livres de glúten.

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Pão 2 de banana - MFP - Nº 45

Já contei que o Pão de Banana virou  moda  aqui e que dura 1 dia. Somos 4 adultos!
Por enquanto ninguém cansou do sabor, até porque não fica com muito gosto.
O resultado está ficado cada vez melhor.
Os pães tem crescido maravilhosamente bem, apesar do frio que já chegou aqui em POA.
Como adoro fazer mudança nas receitas, dessa vez resolvi colocar 2 bananas, ao invés de 1.
O resultado foi esse imenso pão, com um sabor delicioso e uma textura perfeita.
Meu filho que sempre fala no pão de banana da Austrália, achou que dessa vez ficou mais parecido com o que ele conheceu  lá. Foi por causa dele que saiu essa experiência que deu certo e virou moda aqui em casa. As torradas de pão de banana ficam espetaculares.
E o mais legal dessa receita, é que é com o meu mix de farinha caseiro.

Usei como medida 1 copo de requeijão de 200 g.

CS = colher de sopa

Ingredientes:


1 1/2 copo de farinha de arroz
1 copo de polvilho doce
1/2 copo de amido de milho
1/2 copo de farinha de milho ou fubá

2 CS de farinha de linhaça (opcional)
2 CS de sementes de chia (opcional)
1 colherinha de sal
1 colher de sobremesa de goma xantana ou CMC (espessantes que ajudam na liga das massas sem glúten)
2 ovos grandes (retiro a pele das gemas para não deixar sabor de ovo)
3 CS de azeite
1 CS de vinagre de maçã
1 1/2 copo de água morna (quentinha mas não fervendo)
1 CS cheia de açúcar demerara (pode usar outro)
1 sachê (10g) de fermento biológico seco
2 bananas amassadas  

Sementes de linhaça para espalhar 

Modo de preparo:


Comecei preparando a levedura do fermento.
Em um recipiente, misturei o fermento, o açúcar e água morna.
Cobri para abafar e deixei descansando até dobrar de volume e formar uma espuma por cima.

Enquanto o fermento aprontava, juntei todos os ingredientes secos numa tigela.
No mesmo copo de medidas juntei os ovos, o azeite e o vinagre. Misturei com uma colher e juntei com os ingredientes secos, adicionei as bananas amassadas e por último inclui a esponja do fermento. Misturei tudo mexendo com uma colher.

Passei a massa para o recipiente (forma) da máquina. Coloquei no lugar e depois de fechar a tampa,  liguei no ciclo ultra-rápido - 1h15m - Cor escura

Deixei bater e assim que parou, abri a tampa da panificadora, pincelei gema e espalhei sementes de linhaça em cima do pão. Fechei e deixei continuar o ciclo.

Assim que deu o bip, desliguei a máquina e retirei a forma.



Logo desenformei e deixei esfriar para cortar.


Ficou enorme, muito macio e saboroso!


Espero que gostem!

28 comentários:

  1. Oi td bem? Gostaria de saber se posso bater na batedeira planetaria e depois colocar no forno convencional

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, pode sim!
      Bata por 3 a 4 minutos, passe para uma forma de pão untada, deixe crescer em um lugar abafado e depois leve para assar, no forno convencional.
      Boa sorte!
      Att.
      Gilda

      Excluir
  2. Gilda Moreira (cozinhandosemgluten), estou testando a receita do seu pão de banana... ele está no forno, estou aguardando ansiosa pra saber se a minha receita deu certo... mas tenho dúvidas sobre a levedura do fermento, pois tive que fazer três vezes pois o fermento não subia e nem formava espuma... eis as dúvidas:
    -o recipiente para deixar fermentando tem que ser de vidro?
    -demora mais ou menos quanto essa fermentação?? (pois achei q a minha demorou muito!)
    -pode mexer assim que colocar a água??
    -tem ordem pra colocar? pode colocar o açúcar em cima do fermento?
    -tem mais algum segredinho pra eu acertar de primeira???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, eu misturo primeiro o açúcar com o fermento e depois coloco a água, já no recipiente que vou usar, se necessário mexo com uma colher. Eu gosto de usar recipiente de vidro, mas nada impede que tu use outro tipo. O tempo vai depender da temperatura da água. A parte mais importante para o fermento levedar é a água que deve ser morna. Se usar muito quente queima o fermento e se usar fria ele não vai crescer.
      Eu uso água morna mais para quentinha do que fria. Não tem segredo! Aqui em Porto Alegre no inverno demora mais porque é muito frio.
      O bom é deixar o recipiente tampado e um lugar abafado.
      Se tu acertares de primeira estás de parabéns e se não acertares dessa vez será a coisa mais normal do mundo. Até hoje não vi ninguém acertar um pão sem glúten de primeira. Pães são a parte mais difícil de acertar, mas com a prática vamos aprendendo. Depois me conte!
      Att.
      Gilda

      Excluir
    2. Gildaaaaa, muito, muito, muito obrigada por suas dicas!!!!!
      Deus te abençõe por ser essa pessoa preocupada em passar para os demais as suas deliciosas receitinhas, facilitando muito a nossa vida!
      Olha, o pão ficou maravilhoso!!!! A banana realmente faz muita diferença! Gostei mesmo dessa sua ideia!!!!! Antes eu fazia o pão e quando fatiava sentia aquele cheiro enjoado de fermento... e esse não... Fui fatiar e ficava sentindo de leve aquele cheirinho bom de banana, sem falar na consistência e no sabor, ficou ótimo!
      Muito obrigada por nos proporcionar dicas tão valiosas!
      Parabéns pela sua dedicação!
      Deus continue te iluminando!!!!
      Bjus!!!

      Excluir
  3. Ola querida, adorei sua receita, já fiz varias receitas e nunca ficam muito macias, mas queria saber se ja fez com farinha de arroz integral, pq para os diabeticos nao pode ser a de arroz normal.....beijus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ester, essa receita eu não testei com farinha de arroz integral! Mas tem no blog receitas que já testei. De qualquer forma tem que fazer uma mistura de farinhas, só com farinha de arroz, as receitas não dão certo.
      As receitas sem glúten já são diferentes e mais complicadas e com farinha de arroz integral ficam com outra textura. Não imagine pães iguais aos com trigo, porque é bem difícil.
      Att.
      Gilda

      Excluir
  4. Olá Gilda, essa massa fica em que consistência, mais mole que o convencional? Ela cresce bastante? Quantos minutos para crescer e assar? Obrigada.

    ResponderExcluir
  5. Olá, vou responder na ordem das perguntas: a consistência da massa é normal, nem mole e nem muito dura.
    Cresce bastante enquanto está descansando e depois ao assar cresce mais um pouco.
    O tempo de crescimento varia conforme a temperatura do ambiente e a temperatura da água. Se colocares em um lugar quente em 25 minutos estará crescido. Se ficar em um lugar frio demora mais. A temperatura da água deve ser morna quentinha, não demais para não queimar o fermento. Se estiver fria não vai crescer.
    Espero ter ajudado!

    Att.
    Gilda

    ResponderExcluir
  6. Achei!!!cmc é. Carboximetilcelulose de sódio???? Depois De mto tempo encontrei,,é isso mesmo???qero fazer o pão De banana,mas preciso ter certeza,,,e quanto usar desse cmc???bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Adriana, que bom que tu encontrou o CMC, é esse mesmo. A quantidade a ser usada está na receita.

      Beijo
      Gilda

      Excluir
  7. Querida Gilda sou tua seguidora, e queria saber se posso colocar tudo na panificadora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sonia, que legal que tu segue as receitas, espero que estejas aproveitando.
      Eu prefiro misturar tudo em outro recipiente, acho que o resultado fica melhor, mas nada impede que coloque direto na forma da panificadora.
      Boa sorte, depois me conte como ficou!

      Abraço,
      Gilda

      Excluir
  8. oi Gilda, tudo bem! Adoro suas receitas, vivo sempre copiando e fazendo-as!
    Sobre o fermento, você coloca toda a água (1 1/2 copo)?
    Obrigada!!
    =)

    Carol

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, obrigada, que bom que tu gosta das receitas.
      Quanto a água, misturo toda.

      Att.
      Gilda

      Excluir
  9. Respostas
    1. Olá, são encontrados em lojas de festas, algumas lojas de produtos especiais e pela internet.

      Att.
      Gilda

      Excluir
  10. Olá, gostaria de saber a quantidade das bananas em peso ...ou não faz diferença?
    É que aqui onde moro tem bananas que poderiam ser vendidas por metro rsrsr.

    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana Maria, não sei te dizer porque não peso. Mas são de tamanho normal.

      Att.
      Gilda

      Excluir
  11. Boa Tarde
    Você está de parabéns fiz e ficou divino.
    Posso substituir oa farinha de arroz por creme de arroz???? desde já agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Valéria, obrigada! Que bom que você fez e gostou.
      Eu não experimentei substituindo pelo creme de arroz. Mas acho que que deve dar bom resultado também. Se você testar me conte!

      Att.
      Gilda

      Excluir
  12. Olá Gilda, sigo vc tb, compartilho todas as receitas, adoro!, eu vou tentar fazer com arroz integral, posso bater na batedeira comum, não planetária?

    ResponderExcluir
  13. Gilda, boa tarde,

    Compartilho todas as suas receitas, que boas que são!
    Eu vou tentar fazer esse pão, com arroz integral, gostaria de saber se posso bater na batedeira normal, sem ser planetária?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lucia, eu acho que essa massa é muito pesada para a batedeira normal. Só experimentando para saber.

      Abs.
      Gilda

      Excluir
  14. Olá na minha cidade não encontrei goma xantana nen cmc posso fazer sem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, você pode fazer sem o espessante, mas faz diferença na receita, pois ele faz o papel do glúten.

      Att.
      Gilda

      Excluir
  15. eu ja fiz varias vezes é o melhor!!!

    ResponderExcluir
  16. Olá...Gostaria de saber se posso fazer na mão mesmo, se tenho que sovar...Não possuo batedeira planetária. Obrigada.

    ResponderExcluir