As receitas aqui postadas são todas livres de glúten.

terça-feira, 9 de julho de 2013

Pãezinhos especiais


Nada mais prazeroso do que ir misturando os ingredientes, sem seguir nenhuma receita, e ter um bom resultado. Não é sempre assim, antes fosse!

Esses pãezinhos ficaram tão gostosos que chamei de especiais. Isso depois dos provadores oficiais da casa darem o seu aval. Tenho sorte  que eles gostam, não são celíacos mas fazem a dieta comigo.

Por isso minha casa parece uma padaria, faço pão de 2 em 2 dias, com muito prazer. 

Ter certeza de zero contaminação é tudo de bom  para minha saúde!

A doença celíaca é auto imune e com isso não se brinca, por isso todo o cuidado é pouco em relação a contaminação pelo glúten.
.
Usei a mistura de farinhas que eu preparei.

Coloquei dentro de um vidro:
  • 3 xícaras de farinha de arroz
  • 1 xícara de polvilho doce
  • 1/2 xícara de farinha de milho ou fubá
  • 1/2 xícara de fécula de batata
  • 3 CS (colheres de sopa) de CMC - é um espessante que ajuda na liga das massas sem glúten 
  1. Mexi tudo com uma colher, fechei o vidro e sacudi para ficar tudo bem misturado.

Para os pãezinhos usei:
  • 2 1/2 xíc.da farinha preparada acima (medida da xíc. 200 ml)
  • 1 CS (colher de sopa)  de açúcar demerara (use o que gostar)
  • 1 colher de chá de sal marinho
  • 1 sachê (10g) de fermento biológico seco
  • 1 CS (colher de sopa) de pysillium (fibra que ajuda na liga das massas sem glúten - é encontrada em farmácias de manipulação)
  • 2 ovos
  • 5 CS de óleo 
  • 1 e 1/2 xíc. de água morna

Modo de preparo:
  1. Na tigela da batedeira misturei todos os ingredientes secos
  2. Abri um buraco no centro dos secos e adicionei os ovos (gemas sem pele), o óleo e água morna.
  3. Misturei rapidamente com uma espátula e liguei a batedeira primeiro em baixa velocidade, depois aumentei para média
  4. Deixei bater por 4 minutos
  5. Desliguei a batedeira, retirei o recipiente e coloquei um guardanapo de pano por cima para abafar.
  6. Deixei descansando por alguns minutos (15 minutos) para crescer dentro do micro-ondas (aqui está fazendo frio e dificulta o crescimento)
  7. Após o crescimento, moldei os pãezinhos, polvilhando farinha de arroz na palma das mãos
  8. Coloquei lado a lado em uma assadeira forrada com papel manteiga untada, fiz um pequeno corte em cada um
  9. Enquanto moldava os pãezinhos liguei o forno para aquecer um pouquinho e logo desliguei
  10. Coloquei a assadeira dentro do forno quentinho e deixei crescer mais um pouco, cerca de 20 minutos
  11. Quando já estavam bem crescidos liguei o forno 180ºC e deixei assando até dourar
  12. Cerca de  25 a 30 minutos dependendo do forno
  13. Retire do forno e desenforme
  14. Deixe esfriar em uma grade
O cheirinho tomou conta...provamos quente mesmo!
Deixe esfriar e guarde em recipiente fechado!

Espero que gostem!


      

  

13 comentários:

  1. Por favor, onde posso encontrar esse CMC e Pysillium? Obrigada!

    ResponderExcluir
  2. Olá Vivi, CMC tem a venda em lojas de produtos de festa e confeitaria e na tb internet.
    O Psyllium é manipulado em farmácias de manipulação. Eu peço em gramas, é mais comum ser vendido em cápsulas.

    ResponderExcluir
  3. Não sou celiaca,mas começei a comer sem gluten em 06/12/13 para emagrecer. Esperimentei tanta receita que engordei, mas não tenho mais vontade de comer gluten.Estou segurando a boca e curtindo demais cozinhar.Suas receitas são ótimas. Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, que bom que você gosta das receitas!
      Um abraço,
      Gilda

      Excluir
  4. Gostaria de saber se pode fazer esses pães , que levam pysillium sem colocar , e usar só o cmc. Pq aqui onde moro não consigo achar. Ficarei muito grata com sua resposta.

    ResponderExcluir
  5. Olá, eu não testei sem o psyllium! Mas acho que vale a pena experimentar!
    Boa sorte, depois me conte!
    Att.
    Gilda

    ResponderExcluir
  6. Gilda, com essa sua mistura de farinhas pra pao, eu posso substituir qq receita que use trigo na mesma medida, ou ela so serve para as suas receitas?
    Obrigada! Bjo Talita

    ResponderExcluir
  7. Olá!!! Na mistura das farinhas que vc passou acima, é farinha de milho ou amido de milho?Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, é farinha de milho aquela amarelinha bem fina. Pode usar fubá também.

      Att.
      Gilda

      Excluir
  8. Gostaria de uma informação...
    A farinha de arroz integral tem, necessariamente, uma cor mais escura que a outra? Ou nem sempre?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Su, acho que é sempre mais escura! Pois a farinha de arroz integral é feita com arroz integral, que é mais escuro que o branco.

      Abs.
      Gilda

      Excluir
  9. Boa tarde! Sei que a receita já está em xícaras, mas vc saberia me dizer quantas gramas tem uma xícara de farinha de arroz, e uma xícara de polvilho doce? Já pesquisei mas cada site apresenta uma medida diferente. Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carol, a medida que uso sempre é um copo ou xícara de 200 ml.

      Att.
      Gilda

      Excluir